As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Palocci mobiliza seguranças do Itamaraty para fugir da imprensa

TANIA MARIA BARBOSA MARTIN

06 de junho de 2011 | 17h09

Tânia Monteiro

Após almoço em homenagem ao presidente da Venezuela, Hugo Chávez, no Palácio do Itamaraty, o ministro da Casa Civil, Antonio Palocci, se viu numa situação delicada e mobilizou funcionários do Itamaraty para encontrar uma maneira de sair do prédio sem ser abordado pela imprensa. Palocci se preparava para deixar o prédio, depois que Chávez e a presidente Dilma Rousseff já tinham saído do Palácio, usando a mesma saída privativa destes para evitar a imprensa. No entanto, os seguranças dos presidentes deixaram o local assim que os chefes saíram, deixando Palocci desguarnecido.

O ministro orientou o seu motorista, então, que trocasse de portaria, o que aconteceu por três vezes, para tentar despistar os jornalistas. Como havia jornalistas em todas as saídas, ele acabou mandando seu carro para o anexo do Itamaraty, de onde conseguiu sair sem ser abordado pela imprensa.

palocci_planalto_wilson_pedrosa_ae_06062011_600.jpg
Palocci durante cerimônia com Hugo Chávez, no Planalto

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: