As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Antônio Palocci deve manter candidatura à reeleição para deputado, dizem fontes

Camila Tuchlinski

27 Maio 2010 | 13h30

Por Gustavo Porto, de Ribeirão Preto

O ex-ministro da Fazenda e deputado federal Antonio Palocci (PT-SP) deve manter a candidatura à reeleição, apesar de ainda analisar o convite feito Marta Suplicy para que seja suplente na candidatura da ex-prefeita paulistana ao Senado. Segundo fontes do PT, Palocci teria agradecido o convite feito por Marta, mas estaria propenso a tentar a recondução à Câmara, diante da pressão de filiados e pré-candidatos do partido na região de Ribeirão Preto, cidade já governada pelo deputado.

Palocci teria ainda o apoio do PT para que se dedique exclusivamente ao comando da campanha de Dilma Rousseff à Presidência da República sem que haja um prejuízo à campanha dele à reeleição em São Paulo. Além disso, o PT teme que a falta da candidatura de uma liderança como Palocci possa prejudicar as campanhas de Marta e do pré-candidato ao governo paulista, o senador Aloizio Mercadante.

A região de Ribeirão Preto é a terceira com mais votos no Estado, atrás apenas da Grande São Paulo e da de Campinas. Em 2006, Palocci teve 146.112 votos para deputado federal. Apesar de ter base em Ribeirão Preto, o parlamentar conseguiu apenas cerca de 16 mil votos na cidade.