As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Palanque – Um giro pelas campanhas eleitorais

Jennifer Gonzales

06 de agosto de 2010 | 22h28

Luciana Nunes Leal

BRASIL1

Promessa demais, criatividade de menos

Depois de um mês de campanha oficial, aliados de Dilma Rousseff comemoram a liderança nas pesquisas e o fato de a candidata não ter derrapado no primeiro debate presidencial, como esperava a oposição. Tucanos se preocupam com o desempenho de José Serra no Sudeste, mas exaltam o desempenho do ex-governador no confronto com os adversários e apostam na estratégia de manter a saúde no centro da discussão. Dos dois lados, no entanto, há uma constatação comum: a criatividade está em baixa. O padrão das campanhas se repete: viagens pelo País, comícios, discursos repetitivos, promessas vagas e aposta total na propaganda de TV. “Faltou uma ideia nova”, resumiu o ex-governador Moreira Franco, do PMDB pró-Dilma, que assistiu ao debate no estúdio da Bandeirantes. “Fica tudo meio sem-graça.”

BRASIL2

Efeito Plínio

O estilo contundente e irônico de Plínio de Arruda Sampaio (PSOL) no debate da Band irritou o PV, surpreendeu o PT e animou o PSDB. Os verdes não gostaram de o ex-deputado ter igualado Marina Silva a José Serra e Dilma Rousseff, quando a candidata verde tenta se apresentar como terceira via. Os petistas não sabem como reagir às provocações do velho companheiro de partido. E os tucanos, preocupados em levar a campanha para o segundo turno, torcem para que a estratégia de Plínio mude o voto de simpatizantes mais radicais do PT, “saudosos da campanha de 1989”.

PARANÁ

Saia justa

Candidato a vice de José Serra, Índio da Costa é esperado sábado, 7, em Jacarezinho, para lançamento das candidaturas de Abelardo e Pedro Lupion (DEM). Pai e filho são dissidentes da aliança dos democratas com o PSDB de Beto Richa e fazem campanha para Osmar Dias (PDT), aliado de Dilma Rousseff.

RIO

Espectador frustrado

Diz Cesar Maia (DEM) sobre o confronto na Band: “Eta debatezinho de nada. Nem forma, nem conteúdo. Sobrou pouco.”

SANTA CATARINA

Sob nova direção

O deputado João Matos assumiu o comando do PMDB catarinense, em substituição a Eduardo Moreira, ameaçado de expulsão. Na segunda-feira, aliados de Dilma se reúnem com o candidato a vice Michel Temer. Tentam minar a ala do partido que se aliou a José Serra.

BRASIL3

Assunto incômodo

Grupos defensores da descriminação do aborto fizeram carta aberta cobrando dos presidenciáveis que “enfrentem o tema, sem tentar sair pela tangente.”

ARQUIBANCADA
“Vim a São Paulo ver o jogo (Internacional x São Paulo). Dilma ainda tem quatro debates e jogo só tem um. Sou colorado fanático.”
BETO ALBUQUERQUE
DEPUTADO (PSB-RS)

selinho_twitter2

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.