As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Cunhado de Orlando Silva deixa Secretaria de Esporte em Campinas

Jennifer Gonzales

24 de outubro de 2011 | 16h58

Estadão.com.br com informações de Tatiana Fávaro, de Campinas

O novo prefeito de Campinas, Pedro Serafim (PDT) exonerou Gustavo Petta (PCdoB), cunhado do ministro dos Esportes Orlando Silva, do cargo de secretário de Esportes. Sua exoneração, que vale desde a sexta-feira, 21, foi publicada no Diário Oficial do Município desta segunda-feira, 24.

Petta, que é do PCdoB e presidiu a União Nacional dos Estudantes (UNE), é irmão de Anna Petta, mulher do ministro Orlando Silva. Ele foi secretário de Esportes nas gestões dos prefeitos Hélio de Oliveira Santos (PDT), o Dr. Hélio, cassado pela Câmara em agosto deste ano, e Demétrio Vilagra (PT), afastado do cargo na semana passada – ambos em decorrência de irregularidades em contratos da Sanasa.

Segundo o secretário de Comunicação do PCdoB, Agildo Nogueira Júnior, a saída de Petta e outros militantes do PCdoB que estavam na direção da Sanasa, não tem relação com as denúncias contra Orlando Silva nem com a Sanasa. De acordo com ele, a exoneração foi feita a pedidos, para facilitar a formação do governo de Pedro Serafim.

De acordo com Petta, a decisão de colocar os cargos à disposição foi tomada pelo PC do B na quinta-feira à noite, comunicada ao novo prefeito na sexta-feira, levou em consideração a conjuntura local e nada tem a ver com as denúncias contra o ministro Orlando Silva.

“Eu encarei a exoneração como algo natural”, disse Petta nesta segunda ao Estado. “Tentar ligar isso à conjuntura do ministro do Esporte é forçar a barra”, disse. “Sou solidário ao ministro e acredito que a verdade vá prevalecer, tanto que o acusador já admitiu não ter provas.”

Na semana passada, vereadores de Campinas protocolaram no início da semana um pedido de esclarecimento à Secretaria Municipal de Esportes questionando a aplicação dos recursos do programa Segundo Tempo na cidade. O principal programa do Ministério vem sofrendo acusações de desvios de recursos e o ministro está com o cargo a perigo.

Além de Petta, foram exonerados Nilson Lucílio (chefia de Gabinete) e Otávio Antunes (Comunicação), ambos do PT. O presidente da Sanasa, Fernando Pupo, também do PC do B, também deixará o cargo.

Por e-mail, o PCdoB de Campinas enviou a seguinte nota:

“PCdoB entrega cargos em Campinas/SP

Considerando o compromisso do PCdoB com um projeto político democrático e popular, vitorioso em 2008;
Considerando que o Partido apoiou a posse e participa da composição do governo Demétrio Vilagra;
Considerando que integramos a base de sustentação deste Governo na Câmara Municipal;
E por fim, considerando o afastamento do Prefeito Demétrio Vilagra aprovado pela Câmara dos Vereadores;
A Comissão Política do PCdoB/Campinas, reunida na noite de ontem, decide entregar seus cargos de primeiro escalão do governo.
A Comissão Política do PCdoB/ Campinas

Campinas 21 de outubro de 2011”

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.