As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

No aniversário do Senado, Sarney vê campanha para fragilizar instituições

Armando Fávaro

05 de maio de 2011 | 17h43

Eduardo Bresciani, do Estadão.com.br

O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), fez nesta quinta-feira um pronunciamento celebrando os 185 anos da Casa e afirmou que o Senado sofre uma “campanha” contrária e que o objetivo das críticas é “fragilizar as instituições”.

Veja Também:

linkMaioria dos funcionários dos senadores está dispensada de bater ponto

linkSarney diz que liberação de ponto foi ‘bom exemplo’

Durante os 20 minutos de seu discurso Sarney fez um relato histórico do Senado brasileiro e da instituição Senado em outros países. Em nenhum momento ele mencionou a crise da Casa. No meio do discurso, ao falar do Senado como um ponto de equilíbrio na federação fez a reflexão de que há uma “campanha” contra a casa.

“Identifico muito essa campanha contra o Senado ao fato de ele ser uma Casa forte, a quem o Brasil deve muito com relação à sua construção. Em um momento em que se procura fragilizar instituições no Brasil, ataca-se muito o Senado, porque aqui continuamos a ser uma fonte permanente de ajuda ao Brasil”, disse Sarney.

Mais conteúdo sobre:

instituiçõesJosé SarneySenado