Neca Setúbal declara apoio a Aécio Neves
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Neca Setúbal declara apoio a Aécio Neves

Principal financiadora de Marina Silva segue posicionamento da ex-ministra e manifesta apoio público ao candidato do PSDB

Redação

15 de outubro de 2014 | 19h40

Por Mateus Coutinho

Nilton Fukuda/Estadão

Nilton Fukuda/Estadão

A coordenadora do programa de governo da candidatura de Marina Silva (PSB) e herdeira do banco Itaú, Maria Alice Setúbal, declarou nesta quarta-feira, 15, em seu perfil oficial no Facebook que votará no candidato do PSDB à Presidência, Aécio Neves. No domingo, a ex-ministra também declarou apoio ao tucano.

“Muita gente tem perguntado sobre minha posição no segundo turno das eleições presidenciais. Quero esclarecer que seguirei o posicionamento de Marina Silva, que no último domingo anunciou seu voto e apoio ao candidato Aécio Neves em um discurso claro e consistente. O apoio tem como base princípios programáticos comuns às propostas das duas campanhas, reiterados no documento ‘Juntos pela Democracia, pela Inclusão Social e pelo Desenvolvimento Sustentável’. É por esse motivo que apoio e que votarei em Aécio Neves”, afirma o texto na página da educadora e acionista do banco conhecida como Neca Setúbal.

Além de coordenar o programa de governo de Marina Silva (PSB), a acionista do banco Itaú e educadora Maria Alice Setubal é a principal financiadora de Marina Silva e doou em 2013 cerca de R$ 1 milhão ao instituto fundado pela ex-ministra do Meio Ambiente para desenvolver projetos de sustentabilidade. O aporte bancou 83% dos custos da entidade no ano passado.

Como divulgou o Estado, até começo de setembro a acionista do banco Itaú era a terceira maior doadora individual nestas eleições, como divulgou o Estado nesta sexta. Até o começo de setembro, Neca, como é conhecida, havia dado R$ 2.010.200 a candidatos do PSB (16), PV (3), PDT (2) e PPS (1).

Tudo o que sabemos sobre:

Aécio NevesMarina SilvaNeca SetúbalPSDB

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.