As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

‘Não concordo com a contratação de parentes e amigos’, afirma Dilma sobre Erenice ao JN

Camila Tuchlinski

18 de outubro de 2010 | 20h47

Rodrigo Alvares

A candidata do PT à Presidência da República, Dilma Rousseff, afirmou nesta segunda-feira, em entrevista ao Jornal Nacional (TV Globo) que “Erros e pessoas que erram acontecem em todos os governos. O que diferencia um governo de qualquer outro é a atitude deste governo em relação ao erro. No caso da Erenice, eu não concordo com a contratação de parentes e amigos” ao ser questionada sobre o escândalo envolvendo a ex-ministra Erenice Guerra – sua sucessora na Casa Civil.

A petista aproveitou para alfinetar seu adversário, o tucano José Serra: “Há uma diferença entre nós e o meu adversário. O meu adversário tem uma acusação gravíssima que é a do Paulo Vieira de Souza, que está sendo investigado pela Polícia Federal e ele cuidava das mais importantes obras do Estado de São Paulo. Até agora, não houve uma investigação nem um processo. Essa é a diferença entre quem investiga e pune e quem acoberta”.

Aborto

Questionada sobre a mudança de posição referente à descriminalização do aborto, Dilma falou: “Eu acredito que nessa história do aborto houve muita confusão. Há diferença entre minha posição como cidadã. As pessoas não podem fingir que essas mulheres que recorrem ao aborto não existem. Minha posição sempre foi de que não se pode prender 3,5 milhões de mulheres. São posições diferentes: para prevenir, temos de tratar da quantidade imensa de adolescentes que engravidam”.

Ciro Gomes

Perguntada sobre declarações feitas pelo deputado Ciro Gomes (PSB-SP) de que “Serra é mais preparado e que o PMDB é um ajuntamento de assaltantes”, Dilma afirmou: Nós participamos do mesmo governo. Sei o temperamento do deputado Ciro Gomes. Eu o convidei para participar da minha campanha”.

Tudo o que sabemos sobre:

abortoDilmaErenice GuerraJNSerra

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: