As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Mulher de novo coordenador do Dnit representa empresas contratadas pelo órgão

Lilian Venturini

29 de julho de 2011 | 12h42

O novo coordenador-geral de Operações Rodoviárias do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (Dnit), Marcelino Augusto Rosa, cuidaria de serviços milionários no órgão com empresas representadas por sua mulher, Sônia Lado Duarte Rosa. De acordo com reportagem do jornal O Globo desta sexta-feira, 28, o “casal Dnit”, como são conhecidos nos bastidores, Sônia é procuradora de oito empresas, algumas delas responsáveis pela sinalização de rodovias.

Marcelino Augusto Rosa é servidor antigo da área de transportes e foi nomeado ao cargo durante a crise do Ministério dos Transportes, que já teve 19 pessoas afastadas devido a denúncias de corrupção. Ainda segundo a reportagem, o coordenador responde a processo disciplinar da Controladoria Geral da União (CGU) por suposto favorecimento de empreiteiras.

Uma das empresas representadas por Sônia, teve valores de contratos dobrados nos últimos anos. Em razão da atuação da empresária na autarquia, ela seria conhecida por agilizar o andamento de processos administrativos. Ao jornal, Sônia disse que sua representação é burocrática e não interfere em contratações e licitações. O Dnit não comentou o caso.

Tudo o que sabemos sobre:

crise dos TransportesDNIT

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.