As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Ministro do TSE manda do tirar ar site com propaganda contra candidata Dilma Rousseff

Jennifer Gonzales

26 de agosto de 2010 | 12h51

Fonte: TSE

O ministro Joelson Dias, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), determinou suspensão de um site na internet, hospedado no provedor Host Location Ltda., que estaria sendo utilizado para fazer propaganda contra a candidata da coligação “Para o Brasil seguir mudando”, Dilma Rousseff, e outros membros de seu partido, o PT. A decisão veio após pedido tesoureiro de campanha da candidata do PV à Presidência da República, Marina Silva.

O tesoureiro de Marina ajuizou representação no TSE, com pedido de liminar, alegando que seu nome e CPF teriam sido usados por outra pessoa para registrar um domínio na internet para veiculação de propaganda que ele considera “ilícita e degradante” contra Dilma Rousseff, o que violaria a Lei das Eleições (9.504/97).

 Além de pedir a retirada do site questionado do ar, o tesoureiro do PV, que afirma não ser autor da página, pede que seja aplicada a multa prevista no artigo 26 da Resolução TSE 23.191, sobre propaganda eleitoral – multa que pode ir de R$ 5 mil a R$ 30 mil. E ainda, que seja encaminhada cópia dos autos para o Ministério Público, para instauração de inquérito policial, “diante dos manifestos indícios de práticas criminosas (injúria e calúnia na propaganda eleitoral e falsidade ideológica eleitoral)”.

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.