As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Militantes do PT e de Joaquim Roriz brigam antes de debate no Distrito Federal

Camila Tuchlinski

28 de setembro de 2010 | 21h52

Carol Pires e Rafael Moraes Moura, da Sucursal de Brasília

fotografo_agredido_celso_junior_ae_28092010.jpg
Fotógrafo do jornal ‘Folha de S.Paulo’ atingido durante confusão

Partidários da campanha de Weslian Roriz (PSC) e de Agnelo Queiroz (PT) entraram em confronto, na noite desta terça-feira, na frente do prédio da Rede Globo, em Brasília, onde ocorrerá, logo mais, debate entre os candidatos ao governo local.

A briga começou durante a chegada da comitiva da candidata Weslian Roriz, recém-catapultada à disputa, no lugar do marido, o ex-governador do Distrito Federal por quatro mandatos Joaquim Roriz (PSC).

O grupo se atacou com pedras e pedaços de madeira dos cabos das bandeiras. O carro do candidato do PV, Eduardo Brandão foi atingido por uma pedra ao entrar na emissora e um dos vidros foi destruído. O candidato não se machucou.  Pelo menos cinco pessoas foram atingidas, dentre elas fotógrafos e cinegrafistas e um policial.

A Polícia Militar está no local, mas, com apenas 16 agentes fazendo a segurança do espaço, demorou a conter a confusão. Chamado reforço, o grupo de policiais subiu para 30.

No momento da confusão, um locutor, no carro de som do PT, começou a pedir, no megafone, calma aos manifestantes e acusou o grupo de Roriz de serem “provocadores”. “O povo do vermelho, da guerra, bando de vagabundos”, retrucou um dos locutores do carro de som adversário.

Cerca de 200 pessoas estavam na frente da Rede Globo, na Asa Norte, em Brasília, no momento da confusão, segundo estimativa da Polícia Militar. Este é o último debate entre os candidatos antes da eleição, marcada para o próximo domingo. Participarão do  debate Agnelo Queiroz, Weslian Roriz, Toninho do Psol e Eduardo Brandão.

Tudo o que sabemos sobre:

confusãodebateDF

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.