As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Lula é garoto-propaganda de campanha de ONG contra a miséria

Lilian Venturini

31 de maio de 2011 | 17h50

Daiene Cardoso, da Agência Estado

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva é a estrela da nova campanha contra miséria da Oxfam, uma confederação criada na Inglaterra que reúne 15 organizações em mais de 98 países na luta contra a pobreza. Lançada mundialmente nesta terça-feira, 31, a campanha “Cresça” traz um vídeo de um minuto com o depoimento do ex-presidente. Além de Lula, participam da campanha a atriz Scarlett Johansson e o arcebispo emérito da África do Sul Desmond Tutu.

No vídeo, Lula afirma que é responsabilidade dos governos garantir segurança alimentar aos seus cidadãos. Segundo Lula, prover renda é a condição básica para se promover paz, democracia e cidadania. “Não existe conquista mais importante para uma sociedade do que poder tomar café de manhã, almoçar e jantar”, disse. Lula finaliza sua fala, defendendo a responsabilidade dos países mais ricos em ajudar as nações mais pobres.

A campanha da Oxfam prega ações contra a crise alimentar e os problemas ambientais que afetam a produção e a distribuição de alimentos. De acordo com a entidade, a escassez de alimentos, agravada pelas mudanças climáticas, criará milhões de famintos.  A Oxfam defende que sociedade mundial mude sua forma de desenvolvimento e de distribuição de alimentos.

“Dividir alimento é um dos prazeres da vida. Em escala global, nós não dividimos de maneira justa. Aproximadamente um bilhão de pessoas vão dormir toda noite com fome. O fato é: o sistema alimentar global está quebrado. Todos nós, do Kentucky ao Quênia, merecemos ter o suficiente para comer”, apelou a atriz Scarlett Johansson, embaixadora global da Oxfam.

Mais conteúdo sobre:

garoto-propagandaLulamisériaONG