As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Leitores do ‘Estadão’ previram a queda do ministro do Turismo; e agora, quem será o próximo a sair?

Bruno Siffredi

14 de setembro de 2011 | 19h14

A maioria dos leitores do estadão.com.br que participaram da enquete “Quem será o próximo ministro do governo Dilma a cair?” havia previsto a queda do ministro do Turismo, Pedro Novais, que se consumou nesta quarta-feira, 14. A enquete foi publicada no dia 18 de agosto, dia que Wagner Rossi, o quarto a cair, deixava o Ministério da Agricultura. Ao todo, foram 983 votos pela saída do ministro, 61% do total de 1.615.

Novais entregou sua carta de demissão à Presidência após o surgimento de novas denúncias de mau uso de dinheiro público. Os gastos são referentes ao período em que exercia mandato na Câmara dos Deputados pelo PMDB do Maranhão. O ministro usou verba pública para pagar o salário da governanta de seu apartamento em Brasília e do motorista particular de sua mulher. Antes de assumir o ministério, ele pediu ressarcimento à Casa por despesas em motel de São Luís (MA).

Veja abaixo como foi o resultado da enquete:

[poll id=”64″]

Além do titular do Turismo e de Wagner Rossi, os ministros Antonio Palocci (Casa Civil), Alfredo Nascimento (Transportes) e Nelson Jobim (Defesa) já haviam deixado o governo, menos de nove meses após a posse da presidente Dilma Rousseff.

Dentre os ministros que permanecem em seus cargos, outros também foram alvos de denúncias sobre supostas irregularidades ou passaram por algum tipo de turbulência política em suas pastas. Por isso, o estadão.com.br volta a perguntar:

[poll id=”73″]