As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Juiz eleitoral proíbe imprensa de acompanhar voto do ministro Lewandowski

Lilian Venturini

28 de outubro de 2012 | 11h59

Lílian Cunha, de O Estado de S.Paulo

A imprensa foi impedida de acompanhar a votação do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski, na sessão 286 da zona eleitoral 258. A ordem foi dada pelo juiz eleitoral Alexandre David Malfatti, em Indianópolis, bairro nobre da capital paulista.

Questionado pela imprensa, por telefone, sobre a base legal para impedir a cobertura da votação do ministro, Malfatti afirmou que essa é uma decisão dele. Em seguida, ele desligou abruptamente o telefone.

O juiz acionou a Polícia Militar, que retirou os repórteres do Colégio Mário de Andrade. “Isso é sacanagem com vocês”, disse um policial militar, que não quis ser identificado. A imprensa, entretanto, permanece em frente ao colégio. O ministro Lewandowski, revisor do processo do mensalão no STF, votou por volta das 12h.

 

 

Tudo o que sabemos sobre:

eleições 2012Lewandowski

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.