As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Jobim diz que relacionamento com Dilma é ‘ótimo’

Jennifer Gonzales

14 de fevereiro de 2011 | 12h56

Marina Guimarães 

O ministro da Defesa, Nelson Jobim, desmentiu hoje que haja qualquer mal-estar com a presidente Dilma Rousseff, negando rumores publicados pela imprensa. Na semana passada, o jornal Valor Econômico publicou a informação de que Jobim pensava em deixar o cargo por se sentir desprestigiado. Indagado sobre o relacionamento com a presidente Dilma, Jobim disse que é “ótimo”.

“Não sei de onde eles tiraram isso. Não mandei recado nenhum. Eu não mando recado. Se estivesse desprestigiado já não estaria aqui”, afirmou aos correspondentes brasileiros em Buenos Aires.

O ministro negou também que a presidente tenha pedido que o ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Fernando Pimentel, trate da compra de caças aéreos para a Força Aérea Brasileira (FAB). “Isso também é invenção da imprensa. Eu perguntei ao Pimentel e ele disse que não foi encarregado de tratar desse assunto”, disse Jobim.

Sobre a versão de que a presidente já tenha escolhido a norte-americana Boeing para a compra dos caças para a FAB, Jobim disse que “isso não tem fundamento nenhum. Isso é coisa de lobista. Isso é a imprensa que inventou”. O ministro de Defesa informou que vai despachar com a presidente Dilma nesta terça-feira, para tratar da compra dos caças e de outros assuntos da Defesa.

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.