As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Justiça eleitoral encaminha para TSE recurso contra cassação de João Capiberibe

Ricardo Chapola

17 de fevereiro de 2011 | 19h02

Ricardo Chapola

O Tribunal Superior Eleitoral do Amapá (TRE-AP) encaminhou nesta quinta-feira, 17, para o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) o recurso do senador cassado João Capiberibe (PSB-AP) contra a cassação de seu mandato barrado pela Lei da Ficha Limpa.

João e Janete Capiberibe, eleitos respectivamente senador e deputada federal em 2010, foram cassados pela suposta compra de dois votos a R$ 26 nas eleições de 2002. Em dezembro, o TSE acatou decisão monocrática da ministra Cármen Lúcia impedindo-o de assumir seu mandato. Recentemente três pessoas que trabalharam em empresas da família do senador Gilvam Borges (PMDB-AP) admitiram ter feito parte de um esquema de suborno às eleitoras que depuseram contra o casal. Em 2002, como agora, em 2010, Borges ocupou a cadeira que seria de Capiberibe no Senado.

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.