As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Índio da Costa: ‘Não estou aqui para fazer nhenhenhém’

Jennifer Gonzales

17 de agosto de 2010 | 12h22

José Orenstein

Na saída do debate promovido pelo Estado nesta terça entre os candidatos à Vice-Presidência, Indio da Costa, que concorre na chapa de Serra, foi questionado sobre a postura agressiva contra Dilma. E rebateu: “Eu estou aqui para falar a verdade. Não estou aqui para fazer nhenhenhém”.

No debate, Indio falou mais uma vez da ligação do PT com a Farc, e desta com o narcotráfico. Ele ainda disse que o governo atual é “frouxo” no controle das drogas na fronteira. Questionado se já havia usado algum tipo de droga na vida, Indio desconversou. Olhando para os repórteres que se aglomeravam à sua volta, disse: “Vocês me adoram”. E não respondeu à pergunta. 

Indio da Costa, que estava em trajes casuais –enquanto Temer e Leal vestiam terno e gravata–, não poupou críticas ao governo Lula, levantando temas polêmicos como o fato de Dilma ter vestido o boné do MST, entidade que disse não considerar um movimento social.

selinho_twitter2

Tudo o que sabemos sobre:

DEMFarcÍndio da CostaPT

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.