As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

‘Imprensa foi tomada de surpresa pela discussão sobre aborto’, diz editor de ‘O Estado de S.Paulo’

Jennifer Gonzales

31 de outubro de 2010 | 18h29

Yolanda Fordelone

A imprensa foi tomada de surpresa no início do segundo turno com a intensificação do debate em torno do aborto, na opinião do editor-executivo do jornal O Estado de S.Paulo, Luiz Fernando Rila. “O segundo turno começou movido por essa discussão e talvez um ponto frágil da cobertura tenha sido o uso político que os líderes religiosos fizeram disso”, disse em entrevista aos jornalistas Luiz Fernando Bovo e Felipe Machado.

“A imprensa foi tomada de surpresa e ao tentar esmiuçar a discussão direciono muito esforça para o assunto e pouco para os temas que os candidatos não estavam querendo falar, como a questão do câmbio”, disse.

Tudo o que sabemos sobre:

eleições 2010

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: