Ignorado em pesquisa eleitoral, Russomanno questiona seriedade da consulta
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Ignorado em pesquisa eleitoral, Russomanno questiona seriedade da consulta

Lilian Venturini

28 de dezembro de 2011 | 14h58

Lucas de Abreu Maia, de o Estado de S.Paulo

O pré-candidato à Prefeitura de São Paulo pelo PRB, o ex-deputado Celso Russomanno questionou a seriedade da pesquisa Ibope, divulgada nesta segunda-feira, 26, pela Rede Bandeirantes, que o excluiu dos cenários para a disputa municipal de 2012. “Essa pesquisa é séria? Este é o questionamento que eu faço”, disse.

Na pesquisa, o ex-governador José Serra (PSDB) apareceu em primeiro colocado, seguido do vereador Netinho de Paula (PC do B), de acordo com os resultados publicados no site da emissora. Nos dois cenários divulgados, Russomanno não é mencionado. No dia 10 deste mês, o Datafolha divulgou pesquisa semelhante em que o pré-candidato pelo PRB aparecia em primeiro lugar em quatro dos cinco cenários projetados.

O ex-deputado afirmou achar “estranho” o fato de a consulta encomendada pela Band, realizada entre os dias 3 e 6 de dezembro, ter sido feita antes do levantamento do Datafolha (entre os dias 7 e 9), mas divulgada somente agora. “Será que o PRB está incomodando? Ninguém bate em cachorro morto”, provocou Russomanno.

Em nota, o partido do ex-deputado protestou pela ausência. “Causou estranheza quanto aos métodos adotados e encomendados para essa pesquisa”, afirmou o presidente da sigla, Marcos Pereira. Por meio de sua assessoria de imprensa, a Rede Bandeirantes não comentou a reação do partido e afirmou que os critérios da consulta são de responsabilidade do Ibope.

A assessoria do instituto, no entanto, informou que o Ibope responde pela metodologia da pesquisa, mas que a decisão de quais pré-candidatos serão ouvidos é feita conjuntamente com a empresa contratante e por isso caberia à emissora dar explicações. Segundo a assessoria, até o registro oficial das candidaturas no Tribunal Superior Eleitoral, nenhum instituto é obrigado a colocar todos os pré-candidatos em pesquisas de intenções de voto. /  Colaborou Lilian Venturini, do estadão.com.br

Tudo o que sabemos sobre:

eleições 2012IbopePRBRussomanno

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.