As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Forma de escolha de ministros do STF não compromete independência da Corte, aponta estudo

Redação

15 de setembro de 2011 | 18h21

Um estudo feita pela Universidade de Brasília aponta que o modelo de

Documento

de ministros do Supremo Tribunal Federal não tem impacto sobre a independência das decisões da Corte. Para chegar a esta conclusão, os professores Bernardo Pinheiro Machado Mueller e Maria Fernanda Jaloretto fizeram uma análise estatística das decisões da Corte e dos votos de cada um de seus ministros entre o período de junho de 2002 a outubro de 2009, durante o governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Leia a íntegra do

Documento

(19 páginas).

Mais conteúdo sobre:

ministrosSTF