As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Expediente para apurar site de Netinho já está com procurador

Armando Fávaro

05 de agosto de 2010 | 17h22

André Mascarenhas

A Procuradoria Regional Eleitoral (PRE) em São Paulo distribuiu hoje um expediente apurar se houve ou não violação da Lei Eleitoral pela campanha do candidato ao Senado pelo PCdoB em São Paulo, Netinho de Paula. Reportagem publicada terça-feira no Radar Político mostrou que o site do candidato estava oferecendo a participação em shows do cantor para eleitores que respondessem a um quiz sobre sua vida, conduta que pode configurar crime eleitoral.

Segundo a assessoria da PRE, o assunto será analisado pelo Procurador Regional da República Paulo Thadeu Gomes, que também atua como Procurador Eleitoral Auxiliar. Não há prazo para que ele tome alguma decisão sobre a matéria.

O expediente poderá seguir três caminhos a partir da análise da PRE: a abertura de uma ação contra os responsáveis pelo site, caso se verifique que as evidências apontadas são suficientes; um pedido de investigação, para a produção de mais provas; ou o arquivamento do caso, na hipóteses de se verificar que não há irregularidade.

Procurada ontem para comentar o caso, a assessoria do candidato informou que Netinho não se manifestará. Em entrevista hoje ao Portal Terra, o candidato do PCdoB ao Senado disse querer “tratar desse assunto com transparência e mostrar que a nossa intenção não era essa”. Segundo Netinho, a Justiça irá agir com “bom senso”.

selinho_twitter2

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: