Erundina: Lei da Ficha Limpa pode não ter validade para 2012
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Erundina: Lei da Ficha Limpa pode não ter validade para 2012

Redação

30 Setembro 2011 | 18h29

Flávia D’Angelo, do Estadão.com.br

Depois de um ano da entrega das assinaturas para a Lei da Ficha Limpa, a ex-prefeita de São Paulo e deputada federal Luiza Erundina (PSB-SP) lamenta que a lei não tenha tido eficácia já para as eleições de 2010 e prevê que existe a possibilidade de a lei não ter validade para as eleições de 2012. A deputada participou nesta quinta-feira, 29, de uma solenidade em comemoração ao primeiro ano da entrega de mais de 1,5 milhão assinaturas para tramitação no Congresso do projeto de iniciativa popular .

“Acho que o Congresso, por uma conjuntura eleitoral, contribuiu para que ela (Lei da Ficha Limpa) fosse aprovada naquele ano (2010). Ao mesmo tempo, não assegurou a eficácia. E assim ela não valeu para 2010. Isso gerou uma frustração em quem investiu para conseguir as assinaturas”, pontuou a deputada. Erundina disse que a sociedade está pronta e que o fato de a lei ter sido aprovada e ter caráter de democracia participativa é “inusitado”. “São poucas com caráter político que tem êxito”.

STF. O ato foi marcado pelo Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral (MCCE), que junto com o coordenador da Frente Parlamentar Mista de Combate à Corrupção, deputado Francisco Praciano (PT-AM) entregou uma carta endereçada à presidente Dilma Rousseff pedindo que seja indicado para o Supremo Tribunal Federal (STF) um ministro que esteja compromissado com a Lei da Ficha Limpa.

Com informações da Agência Câmara

Mais conteúdo sobre:

1 ano de ficha limpaluiza erundina