As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Erenice recebe ministro em casa e ainda não chegou ao Planalto

Camila Tuchlinski

16 de setembro de 2010 | 11h23

Tânia Monteiro

A ministra-chefe da Casa Civil, Erenice Guerra, ainda não chegou ao Palácio do Planalto para cumprir sua agenda de trabalho. Depois da nova denúncia publicada hoje no jornal Folha de S.Paulo sobre a suposta cobrança de comissão, por parte da empresa de consultoria do filho de Erenice, para que a empresa intermediasse a liberação de empréstimo junto ao BNDES para a EDRB do Brasil, logo cedo, a ministra recebeu, em casa, o ministro-chefe da Secretaria de Comunicação Social, Franklin Martins.

Depois do encontro, Martins foi para o Planalto, onde se reuniu com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva e outros assessores mais próximos, como o chefe de gabinete da Presidência da República, Gilberto Carvalho. A reunião atrasou inclusive a agenda do presidente, que previa para às 9h30 uma entrevista ao Portal IG, o que só foi ter início por volta das 10h30.

Ainda não há oficialmente uma definição do governo sobre a situação da ministra Erenice Guerra que, por enquanto, permanece no cargo.

A ministra tinha agendado para às 11h uma reunião com o comandante geral do Exército, general Enzo Martins Peri. O encontro não foi cancelado, mas a ministra ainda não chegou ao Planalto.

Tudo o que sabemos sobre:

Erenice GuerraFranklin MartinsPlanalto

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.