As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Embaixador italiano em Brasília é convocado de volta a Roma

Lilian Venturini

10 de junho de 2011 | 08h18

O ministro das Relações Exteriores da Itália, Franco Frattini, anunciou nesta sexta-feira, 10, que convocou o retorno do seu embaixador em Brasília, Gherardo La Francesca, a Roma, segundo informou o correspondente do Estado em Genebra, Jamil Chade, à rádio ‘Estadão ESPN’. O anúncio ocorre dois dias depois de o Supremo Tribunal Federal (STF) libertar o ex-ativista italiano Cesare Battisti.

A volta do embaixador não é definitiva e oficialmente é feita para fazer consultas sobre o processo. No cenário diplomático, no entanto, a convocação seria demonstração clara de que a Itália discorda da justiça brasileira e que pode haver repercussões na relação entre os dois países. Em 2009 e 2010, o governo italiano também convocou o embaixador de volta para consultas sobre o julgamento de Battisti.

Na quinta-feira, 9, o governo italiano declarou abertamente seu descontentamento com a decisão da Corte brasileira. Battisti foi condenado na Itália à prisão perpétua por quatro homicídios e desde 2007 estava preso no Brasil. O ministro das Relações Exteriores já afirmou o governo vai recorrer ao Tribunal Internacional de Haia. “A partida não acaba aqui”, prometeu.

Também na quinta-feira, o primeiro-ministro Silvio Berlusconi disse não adotaria que qualquer tipo de ação diplomática em retaliação ao Brasil.”O Brasil é um país amigo, essa decisão fere o nosso senso de justiça, como as feridas dos familiares das vítimas, mas neste país seguirão diferentes governos”, ponderou.

Com informações de Andrei Netto

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: