As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Em nota, PRB reclama que pesquisa ignorou Russomanno

Redação

27 de dezembro de 2011 | 15h49

estadão.com.br

O Partido Republicano Brasileiro (PRB) divulgou uma nota oficial em protesto pela ausência do candidato Celso Russomanno na pesquisa Ibope divulgada nesta segunda-feira, 26, nos jornais da TV Bandeirantes.

No comunicado assinado pelo presidente do partido, Marcos Pereira, o PRB diz que “causou estranheza quanto aos métodos adotados e encomendados para essa pesquisa” e questiona o motivo pelo qual o resultado foi tão diferente do apresentado pelo levantamento anterior feito no início de dezembro.

Na pesquisa Datafolha, Russomanno apareceu na liderança em quatro dos cinco dos cenários apresentados pela pesquisa e teve o maior índice das intenções de votos: 20%, em empate técnico com o vereador Netinho de Paula (PC do B), que teve entre 14% e 15%. Os índices divulgados para o ministro da Educação, Fernando Haddad (PT), variou entre 3% e 4% das intenções de voto.

Por meio de sua assessoria de imprensa, a Rede Bandeirantes não comentou a reação do PRB e afirmou que os critérios da consulta são de responsabilidade do Ibope. A assessoria do instituto, no entanto, informou que o Ibope responde pela metodologia da pesquisa, mas que a decisão de quais pré-candidatos serão ouvidos é feita conjuntamente com a empresa contratante e por isso caberia à emissora dar explicações. Segundo a assessoria, até o registro oficial das candidaturas no Tribunal Superior Eleitoral, nenhum instituto é obrigado a colocar todos os pré-candidatos em pesquisas de intenções de voto.

Atualizado em 28/12, 14h35

Tudo o que sabemos sobre:

eleições 2012pesquisa

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.