As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Em meio à polêmica, PF apreende meia tonelada de cocaína da Bolívia

luisbovo

28 Maio 2010 | 15h45

João Naves de Oliveira, de Campo Grande

Quase meia tonelada de cocaína pura, dividida em 499 pacotes de um quilo, foi apreendida hoje (28) em Três Lagoas, Mato Grosso do Sul, a 360 quilômetros de Campo Grande, região leste do Estado. Embora o delegado da Polícia Federal naquela cidade, Júnior Taglialenha, não confirme a procedência da droga, fontes da própria PF em Campo Grande e da Polícia Rodoviária Federal (PRF) afirmam que pelo menos 90% da cocaína apreendida no MS são produzidos ou provenientes da Bolívia.

A carga de entorpecente estava camuflada no caminhão guincho, modelo Ford Cargo, de São Paulo (SP), para onde seguiria, conforme afirmou o motorista Altevir Trindade, 62 anos, que está preso na PF de Três Lagoas. Ele explicou ter sido contratado apenas para conduzir o veículo, encontrado com a chave no contato, em um posto de combustível de Sonora, na divisa com o Mato Grosso. A mesma desculpa foi utilizada, na BR-262 em Miranda, Pantanal do MS, pelo motorista Olávio Pereira da Silva, 32 anos, quando foi preso no dia 8 deste mês, transportando 725 quilos de cocaína, desta vez confirmada pelo próprio traficante como de procedência boliviana.

Segundo os informantes, dificilmente apreensões do gênero, principalmente em grandes quantidades, saem do Paraguai ou outro país vizinho e passam pelo MS.

Mais conteúdo sobre:

José Serra; Bolívia