As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Em Goiânia, Serra promete criar o Ministério da Segurança

Camila Tuchlinski

20 Julho 2010 | 16h22

Rubens Santos, especial para O Estado de S.Paulo (Goiânia)

O presidenciável tucano José Serra disse hoje, em Goiânia, que na hipótese de ser eleito presidente da República, o seu governo vai combater, com eficácia, os tráficos de drogas e de armas, e os índices de violência urbana no País. Para isso, vai criar o Ministério da Segurança: “O governo federal via ter de entrar de corpo e alma e alcançar todas as fronteiras do País”, disse José Serra, durante encontro com empresários na Federação das Indústrias do Estado de Goiás (FIEG).

No encontro de Goiânia, Serra criticou o loteamento de empresas estatais, como a ECT, e de órgãos públicos, como o DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte), pelo atual governo. Também criticou projetos do trem-bala, e afirmou estarem os atuais aeroportos brasileiros saturados ou defasados “pela inoperância da Infraero”, disse.

selinho_twitter2

Mais conteúdo sobre:

PSDBSegurançaSerra