As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

PV-SP vai abrir processo contra prefeitos que teriam participado de evento com Dilma

Camila Tuchlinski

02 Julho 2010 | 16h04

O diretório do Partido Verde em São Paulo divulgou no início da tarde de hoje nota oficial do presidente estadual da sigla, Maurício Brusadin sobre a possível presença de prefeitos do PV em evento de apoio à candidata Dilma Rousseff, do PT, no último dia 1º, em Campinas. No comunicado, Brusadin escreve que “é inaceitável que membros do partido apóiem outros candidatos quando temos candidatura própria”.

Leia abaixo a íntegra da nota:

“COMUNICADO OFICIAL

Em razão de notícias publicadas na imprensa sobre a possível presença de prefeitos do PV em evento de apoio à candidata Dilma Rousseff, do PT, no último dia 1, em Campinas, a direção estadual do Partido Verde de São Paulo comunica que já determinou abertura de processo na Comissão de Ética para averiguar a veracidade das informações.  Constatada infidelidade partidária, serão aplicadas as sanções previstas no Estatuto do Partido Verde, como suspensão da filiação partidária ou mesmo expulsão da legenda.

Para a direção estadual do PV, é inaceitável que membros do partido apóiem outros candidatos quando temos candidatura própria à Presidência da República.

Pela relevância  do assunto em pleno período eleitoral, o Partido Verde de São Paulo tratará a questão com todo o rigor e a maior celeridade possível a fim de garantir o bom andamento da campanha que se inicia.

Maurício Brusadin

Presidente

Partido Verde do Estado de São Paulo”

Mais conteúdo sobre:

CampinasDilmaMarina SilvaPVSP