As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Dilma, Palocci e Vaccarezza iniciam semana decisiva no Congresso com reunião no Planalto

Armando Fávaro

23 de maio de 2011 | 13h11

Tânia Monteiro, de O Estado de S.Paulo

BRASÍLIA – A reunião entre a presidente Dilma Rousseff e o vice-presidente, Michel Temer, que ocorre nesta manhã no Planalto e que constava da agenda oficial se ampliou. Estão também no encontro o líder do governo na Câmara, deputado Cândido Vaccarezza (PT-SP); o ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência, Gilberto Carvalho; o ministro de Relações Institucionais, Luiz Sérgio; e o ministro-chefe da Casa Civil, Antônio Palocci.

Veja Também

link‘Operação abafa’ chega ao Senado para barrar CPI e convocação

linkCrise política invade agenda de governadores do PT

linkMaluf diz confiar plenamente na integridade de Palocci

Também pode estar nessa reunião o ministro das Cidades, Mário Negromonte, que teria audiência separada com a presidente, mas deve ter se integrado à reunião ampliada. Também chegou ao Planalto e também deve estar no encontro o ministro do Trabalho e Emprego, Carlos Lupi.

A reunião acontece nas primeiras horas de uma semana considera decisiva para conter a crise em torno de Palocci, cobrado a explicar o aumento de seu patrimônio nos últimos anos. A base aliada governista no Congresso estabeleceu como prioridade barrar a tentativa de convocação de Palocci para depor no Senado, ação bem-sucedida na Câmara na semana passada, e impedir que a oposição avance na coleta de assinaturas para a abertura de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) sobre o caso.

Depois dessa reunião, o Planalto deve receber um grupo de ex-ministros de Meio Ambiente, além de integrantes de organizações não-governamentais da área ambientalista, que prometem fazer pressão em torno da votação do Código Florestal, prevista para ocorrer esta semana no Congresso.