Dilma nomeia Emmanoel Campelo como novo membro do CNJ
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Dilma nomeia Emmanoel Campelo como novo membro do CNJ

Paula Carvalho

18 de junho de 2012 | 20h05

estadão.com.br

A presidente Dilma Rousseff nomeou nesta segunda-feira, 18, o advogado Emmanoel Campelo de Souza Pereira como novo membro do Conselho Nacional de Justiça. Ele foi indicado pela Câmara dos Deputados, e teve o nome também aprovado pelo Senado em abril deste ano.

Em março, o Estado revelou que Campelo é defensor de seu pai, o ministro do Tribunal Superior do Trabalho (TST) Emmanoel Pereira, em um inquérito que investiga a suspeita de sua participação na nomeação de um  servidor-fantasma e em uma investigação do próprio Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

O ministro Emmanoel Pereira começou a ser investigado pelo Superior Tribunal de Justiça (STF) em 2010, depois que a Justiça Federal potiguar constatou que havia indícios de que ele tinha conhecimento da nomeação do servidor-fantasma.

O nome de Campelo foi aprovado por 360 deputados em votação na Câmara em 2011, e por 59 senadores em assembleia no dia 24 de abril. A sua nomeação pela presidente foi divulgada nesta segunda-feira, 18, no Diário Oficial da União.

Tudo o que sabemos sobre:

CNJEmmanoel Campelo

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.