As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Dilma fará pronunciamento em cadeia de rádio e TV pela volta às aulas

Ricardo Chapola

09 de fevereiro de 2011 | 21h27

Leonencio Nossa

BRASÍLIA – A presidente Dilma Rousseff fará pronunciamento, na noite da quinta-feira, 10, em cadeia de rádio e TV, para cumprimentar estudantes e professores pela volta às aulas. Em seu primeiro pronunciamento oficial desde que assumiu o poder, gravado no Palácio da Alvorada na manhã de terça-feira, a presidente reafirmará seu compromisso de melhorar o status dos professores, cobrará responsabilidade das famílias no dia-a-dia dos alunos e citará metas do governo para o ensino básico.

No Planalto, o pronunciamento de Dilma é considerado o início de um “diálogo” da presidente com o grande público. Desde que começou a governar, em 1º de janeiro, a presidente só deixou o gabinete para fazer viagens de emergência ao Rio de Janeiro, durante a tragédia das enchentes, e deslocamentos para encontros fechados em São Paulo e Rio Grande do Sul, além de uma viagem à Argentina.

À época da pré-campanha à presidência, no primeiro semestre de 2010, Dilma ensaiou os primeiros contatos com o público feminino e as famílias. Em discursos durante eventos ao lado do então presidente Luiz Inácio Lula da Silva, ela disse que, por ser mulher e mãe, entendia as dificuldades e dramas do público feminino.

Na campanha, ela se comprometeu a elevar os investimentos em educação para 7% do Produto Interno Bruto (PIB). Atualmente, o País investe 4,7% no setor. A falta de capacitação de professores, os baixos salários, a precariedade de salas de aula, laboratórios e quadras esportivas são obstáculos para a melhoria do ensino, segundo as próprias análises do Ministério da Educação. Em 2010, o Brasil ficou na 73ª posição no ranking da educação, do Índice de Desenvolvimento Humano, das Nações Unidas, numa lista de 169 países.

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.