Dilma diz que quer ampliar oportunidade de negócios com a Bulgária
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Dilma diz que quer ampliar oportunidade de negócios com a Bulgária

Redação

05 de outubro de 2011 | 16h11

Agência Brasil

Na Bulgária, durante a primeira viagem de um chefe de Estado brasileiro ao país, a presidente Dilma Rousseff disse ter a expectativa de ampliar o intercâmbio comercial com os búlgaros. Ela está acompanhada de uma delegação de empresários brasileiros.

“Nosso comércio vinha crescendo notadamente ao longo da última década e espero que continue neste momento. A crise internacional ainda em curso nos impede de tirar das cifras de intercâmbio conclusões. Tenho, no entanto, o firme propósito de recuperar o terreno perdido, o dinamismo e multiplicar as oportunidades”, disse nesta quarta-feira, 5, em declaração à imprensa.

Em 2010, o fluxo comercial do Brasil com a Bulgária alcançou os US$ 147 milhões. Neste ano, até o mês de agosto, foram registradas trocas no valor de US$ 113 milhões.

Em Sofia, capital búlgara, a presidenta recebeu a ordem Stara Planina, a mais alta condecoração do país, e se reuniu com o presidente da Bulgária, Georgi Parvanov, e com o primeiro-ministro, Boyko Borissov. Na pauta, estiveram temas como a cooperação nas áreas de educação, tecnologia de informação, energia e transportes e a intenção de estimular a integração esportiva, com vistas aos Jogos Olímpicos de 2016.

Ainda nesta quarta-feira, Dilma participa do encerramento do Fórum Empresarial Brasil-Bulgária. Empresários dos setores de energia, aviação, infraestrutura e do agronegócio integram a delegação brasileira.

Além da agenda política e comercial, a viagem da presidenta tem uma vertente emocional e familiar, pois a Bulgária é o país de origem de seu pai, Pedro Rousseff. Dilma disse estar “feliz e emocionada” por visitar, pela primeira vez, a nação búlgara. Nesta sexta-feria, 6, a presidente irá a Gabrovo, cidade onde nasceu Pedro Roussev, para encontrar parentes. No final da tarde, embarca para Ancara, na Turquia.

Veja abaixo a análise do correspondente de O Estado Jamil Chade:

Tudo o que sabemos sobre:

BulgáriaDilma Rousseff

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.