As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Deputados do PSDB vão pedir para governo divulgar lista de emendas

Lilian Venturini

11 de outubro de 2011 | 12h26

Fernando Gallo, de O Estado de S.Paulo

A bancada do PSDB na Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) decidiu no fim da manhã desta terça-feira, 11, que enviará um ofício ao governo de São Paulo no qual exigirá que o Palácio dos Bandeirantes torne públicas todas as emendas parlamentares feitas por deputados do partido desde 2007.

“Quem não deve não teme. Nossa bancada não conspira e não tem plena convicção de que nunca usou métodos ilegais [para conseguir aprovação de emendas]”, afirma o deputado Orlando Morando, líder da sigla na Alesp.

A decisão da bancada deve causar constrangimento ao governo, já que o próprio partido solicita a publicação das emendas pagas de 2010 para trás, o que o governo tem se recusado a fazer. Em setembro, o deputado Roque Barbiere (PTB), afirmou que parte dos parlamentares da Casa faria parte de um esquema de venda de emendas, conforme revelou o Estado.

Barbiere afirma ainda ter avisado a Casa Civil, durante a gestão de José Serra, sobre a existência da negociação. O ex-governador negou que tenha recebido “alerta”. No início do mês, o Palácio dos Bandeirantes divulgou uma lista apenas com parte das emendas pagas em 2011.

O Ministério Público investiga o caso, também averiguado pelo Comissão de Ética da Alesp.

 

Tudo o que sabemos sobre:

deputados psdb emendasemendas alesp

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.