As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Depois de dois dias, Dilma reaparece no litoral Sul da Bahia

Armando Fávaro

05 de novembro de 2010 | 13h51

Tiago Décimo

ITACARÉ, BA – Depois de passar dois dias se esquivando do assédio da imprensa – a última aparição pública foi em uma entrevista coletiva na manhã de quarta-feira, 3 – a presidente eleita do País, Dilma Rousseff, apareceu na manhã de hoje na Praia do Patizeiro, a 21 quilômetros do centro de Itacaré.

Dilma chegou à praia acompanhada por dois assessores e por um policial federal em dois quadriciclos, por volta das 9 horas. De maiô, tomou banho de mar por cerca de 15 minutos e caminhou pela areia por outros 15, antes de se sentar sob uma estrutura especialmente montada, com um toldo e uma caixa de isopor. Pouco depois das 10 horas, a estrutura foi desmontada e a presidente, com os acompanhantes, deixou o local.

A aparição de Dilma na distante praia, acessível apenas a pé – a quatro quilômetros da praia de Itacarezinho – ou em veículos especiais, como o quadriciclo motorizado, reforçou a suspeita de que a presidente eleita esteja hospedada na casa de algum amigo com imóvel na região. Especula-se que ela esteja na mansão de praia do empresário paulista João Paiva, localizada no alto de um morro próximo da Praia de Patizeiro, no meio de um terreno de 200 hectares de mata atlântica nativa.

Segundo um dos assessores que a acompanhava no passeio, Dilma deve deixar o local amanhã. O destino da presidente eleita, mais uma vez, não foi revelado.

O Resort Txai, na vizinha Praia do Itacarezinho, a 17 quilômetros do centro de Itacaré, apontado anteriormente como possível ponto de descanso de Dilma, está recebendo um evento para empresários até a noite de hoje. Segundo a administração do hotel, o estabelecimento está lotado até as 12 horas de amanhã (sábado), mas depois desse horário há vagas disponíveis.

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.