As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Danilo Gentili é proibido de gravar no Senado após pergunta a Renan

Lilian Venturini

04 de maio de 2011 | 19h09

Lilian Venturini, do estadão.com.br

O humorista Danilo Gentili, repórter do programa CQC, da Band, diz ter sido proibido de fazer gravações no Senado após uma pergunta feita ao senador Renan Calheiros (PMDB-AL), na tarde desta quarta-feira, 4. A Polícia do Senado alegou que Gentili não apresentou a autorização necessária para gravar na Casa.

O humorista abordou o senador para questionar sua presença no Conselho de Ética no Senado, cujo colegiado foi formado na semana passada. “Quando perguntei para ele se ‘Ter você [Renan] como membro do Conselho de Ética é o mesmo que ter Fernandinho Beira Mar no ministério antidrogas’, ele esbravejou”, relatou Gentili ao blog da Cristina Padiglione.

A pergunta foi feita no elevador da Casa e, segundo Gentili, quando o cinegrafista baixou a câmera, o senador teria começado a gritar, pedindo que fosse respeitado pela equipe do programa. Após isso, Renan entrou na sala do senador José Sarney (PMDB-AP). Minutos depois, a Polícia do Senado pediu que a equipe do CQC saísse já que não apresentou a autorização exigida para gravar no local.

“Saímos numa boa e fomos para os corredores. Temos autorização para gravar, mas a polícia diz que não autoriza mais”, reclamou Gentili, que iria recorrer à Secretaria do Senado para resolver o impasse.

A assessoria de imprensa do Senado informou que o programa CQC não tinha autorização da secretaria da Casa para fazer gravações no mês de maio e a permissão concedida era referente a abril. A assessoria disse ainda que não houve desentendimentos entre os policiais e a equipe do CQC, que foi orientada a somente desligar a câmera e não a sair do Senado. A assessoria de imprensa do senador Renan Calheiros disse desconhecer o impasse entre a Polícia do Senado e o humorista ocorrido nesta tarde.

Gentili tem histórico tenso no Senado. Em julho de 2009, ele foi agredido por seguranças da Casa ao tentar abordar o senador José Sarney sobre a ameaça de perder a presidência do Senado em razão das denúncias que sofria na época sobre a existência de atos secretos no Senado. Reveja o vídeo com imagens do episódio:

Tudo o que sabemos sobre:

Danilo GentiliRenanSarneySenado

Tendências: