As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Convite do PSDB diz que Serra deixará o cargo ‘para concorrer à Presidênciada República’

Armando Fávaro

26 de março de 2010 | 20h06

Se havia alguém com dúvidas sobre a disposição do governador de São Paulo, José Serra, em concorrer à Presidência da República, agora está no papel. O diretório do PSDB na capital paulista distribuiu no fim da tarde de hoje, a pedido do presidente municipal do partido, José Henrique Reis Lobo, um convite para a solenidade em que Serra anunciará oficialmente sua desincompatibilização, no dia 31. De acordo com o texto enviado aos filiados do partido, na cerimônia, o pré-candidato tucano anunciará sua “renúncia ao cargo para concorrer à Presidência da República”.

O evento acontecerá no Palácio dos Bandeirantes, e contará com a apresentação do “balanço de gestão e de ações à frente do governo do estado de São Paulo”.

No convite, o PSDB paulista faz um apelo para que os filiados participem da cerimônia. “Sua presença e dos seus amigos e convidados é muito importante, razão pela qual insistimos no seu comparecimento e na conveniência da retransmissão desse convite a todos as pessoas que queiram e possam comparecer ao referido ato”, diz o texto.

O texto alerta, entretanto, que não se trata de evento político-partidário. E pede aos convidados para que não levem “faixas ou quaisquer outros materiais de caráter eleitoral”, assim como “se abstenham, no local, de manifestações que tenham essa conotação”. Talvez para evitar que ocorra com Serra o que aconteceu com o presidente Lula, multado duas vezes pela Justiça Eleitoral por campanha antecipada.