As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Comissão de Ética aplica censura a Palocci

Redação

07 de novembro de 2011 | 20h23

estadão.com.br

Em reunião nesta segunda-feira, 7, a Comissão de Ética da Presidência da República aplicou uma censura ética ao ex-ministro-chefe da Casa Civil Antonio Palocci afastado por denúncias de enriquecimento ilícito em junho. A prática é uma espécie de mancha no currículo de servidores públicos e é aplicada a ex-membros do governo. A sanção recebida por Palocci foi a mesma enviada a ex-ministra da Casa Civil Erenice Guerra que substituiu Dilma assim que a presidente se licenciou para a campanha eleitoral de 2010.

A queda do ministro-chefe da Casa Civil Antonio Palocci foi a primeira baixa do governo Dilma Rousseff. Responsável por toda a articulação política do Palácio do Planalto, Palocci não suportou a onda de denúncias sobre seu patrimônio pessoal e pediu demissão, alegando que assim sua permanência prejudicaria a ‘continuidade do debate político’. No seu lugar, assumiu Gleisi Hoffmann.

 

Tudo o que sabemos sobre:

Antonio PaloccicensuraComissão de Ética

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.