As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Coligação de Serra alega que jingle da campanha de Dilma o acusa de enganar o eleitor

Camila Tuchlinski

09 de outubro de 2010 | 20h23

Fonte: TSE

A Coligação “O Brasil Pode Mais” e seu candidato à Presidência da República, José Serra (PSDB), protocolaram no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) pedido de direito de resposta contra a Coligação “Para o Brasil Seguir Mudando” e sua candidata, Dilma Rousseff (PT). O pedido contesta jingle veiculado hoje (9) na propaganda de rádio da petista, cuja mensagem é considerada pelos requerentes como de “caráter injurioso”.

Segundo os impetrantes, o jingle “excedeu-se na crítica, pois coloca em dúvida atributos do caráter pessoal do candidato José Serra”, além de atribuir ao tucano “a qualidade de pessoa enganadora, ardilosa, que mente intencionalmente para atingir seus objetivos, verdadeiro estelionatário”.

Para a coligação de José Serra, a mensagem transmitida pelo jingle contestado não trata de aspectos de aptidão política do candidato, ao contrário, refere-se a atributos de sua personalidade, de seu caráter, o que caracteriza “ofensa pessoal e à honra”.

Com essas alegações, a Coligação “O Brasil Pode Mais” e o candidato tucano pedem ao TSE que seja concedido direito de resposta pelo prazo de 1 minuto, para cada veiculação do jingle, nos diversos blocos de audiência em que ela for veiculada.

Os requerentes solicitam, ainda, em caráter liminar, que seja determinada a suspensão da reapresentação da propaganda, até o julgamento final do presente pedido.

O relator do processo na Corte Eleitoral é o ministro Henrique Neves.

Tudo o que sabemos sobre:

DilmajungleSerraTSE

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.