As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Ciro não participa de reunião do PSB

Armando Fávaro

27 de abril de 2010 | 15h28

Por Carol Pires, do estadão.com.br em Brasília

O presidente do PSB, governador Eduardo Campos (PE), foi um dos primeiros a chega na sede do partido, em Brasília, para a reunião da Executiva que formalizará a retirada da pré-candidatura de Ciro Gomes à sucessão de Lula na presidência da República.

Pela manhã, Eduardo Campo se reuniu com lideranças do partido no hotel Meliá, onde está hospedado, para afinar o discurso antes da reunião da Executiva que estava marcada para começar às 15h. Estavam com Campos neste encontro o senador Renato Casagrande (ES), secretário-geral do PSB; a governadora do Rio Grande do Norte, Wilma Faria, que é vice-presidente de relações federativas; além do vice-presidente do partido, Roberto Amaral (BA); e o ex-prefeito de João Pessoa Ricardo Coutinho.

O mesmo grupo está reunido, mais uma vez, neste momento, em uma sala reservada. Os demais correligionários aguardam na ante-sala do auditório tomando café. É esperada nos corredores a divulgação da lista dos diretórios regionais na qual será mostrado que a maioria da legenda é contra a candidatura própria na corrida presidencial.

Ciro Gomes, como previsto, não está presente. Aliados confirmam apenas que ele não está na cidade, mas não sabem dizer onde ele está. Ironicamente, há um papel colado na porta do auditório escrito: “Reunião exclusiva aos membros da Executiva”. Embaixo do aviso, alguém colou um adesivo colorido que diz: “Agora é Ciro”.

Tudo o que sabemos sobre:

Ciro GomesEduardo CamposPSB

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.