Chalita comemora aniversário ao som de Fidelidade Partidária
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Chalita comemora aniversário ao som de Fidelidade Partidária

Redação

04 de maio de 2012 | 16h16

Por Felipe Frazão – O Estado de S.Paulo

O deputado federal e pré-candidato do PMDB a prefeito de São Paulo, Gabriel Chalita, brindou nesta quinta-feira seus 43 anos (completados segunda-feira) no Bar Brahma, centro de São Paulo. A festa começou às 19 horas e seguiu até meia noite regada a chopp gelado, samba e apresentação de passistas. Já passava das 23 horas, quando o samba Fidelidade Partidária ecoou pelo salão reservado no bar da famosa esquina das Avenidas Ipiranga com São João.

Chalita se elegeu o terceiro deputado mais votado do País em 2010 pelo PSB. Sua trajetória política, no entanto, teve início no PDT de Cachoeira Paulista. Depois, migrou para o PSDB por influência do ex-governador Franco Montoro, saindo depois por desavença com o agora adversário na corrida eleitoral José Serra (PSDB).  Um ano depois, trocou os socialistas pelo PMDB (com a promessa de apoio a sua candidatura à Prefeitura feita pelo vice-presidente da República, Michel Temer).

Entre beijos e abraços políticos recebidos na comemoração, Chalita foi cumprimentado pessoalmente pelos deputados petistas Edinho Silva e Cândido Vaccarezza e pelos democratas Jorge Tadeu e Alexandre de Moraes,  um dos mais cotados para assumir a vice em sua chapa caso o DEM declare adesão ao PMDB paulistano. Pelo PC do B, outro partido que flerta com Chalita, apareceram o ex-ministro do Esporte e pré-candidato a vereador Orlando Silva e os vereadores Netinho de Paula (também pré-candidato a prefeito) e Jamil Murad. Além de uma série de novos e antigos peemedebistas, como o próprio Temer e presidente estadual do partido, Baleia Rossi, amigos tucanos e convidados VIPs.

 

 

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.