As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Câmara derruba moção de repúdio à presidente Dilma por não receber iraniana

Lilian Venturini

08 de junho de 2011 | 21h58

Eugênia Lopes

A Câmara derrubou nesta quarta-feira, 8, moção de repúdio à atitude da presidente Dilma Rousseff de não receber na próxima terça-feira a advogada iraniana de direitos humanos Shirin Ebadi, prêmio Nobel da Paz em 2003. Apresentada pelo PSDB, a moção foi rejeitada por 293 votos a 60.

“Não tem problema ideológico neste caso. É apenas um problema de agenda da presidente”, afirmou o líder do governo na Câmara, deputado Cândido Vaccarezza (PT-SP). “É inconcebível e injustificável a atitude da presidente Dilma Rousseff ao decidir não receber a senhora Shirin Ebadi. Não se trata de mais um dissidente, sujeito aos protocolos do ministério das Relações Exteriores”, argumentou o líder do PSDB, Duarte Nogueira (SP), autor da moção de repúdio.

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.