As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Câmara de Campinas instaura CPI para apurar irregularidades na Prefeitura

Bruno Siffredi

29 de agosto de 2011 | 21h27

Tatiana Fávaro, de O Estado de S.Paulo

A Câmara de Campinas instaurou nesta segunda-feira, 29, uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar os supostos responsáveis por fraudes em licitações, irregularidades na aprovação de empreendimentos imobiliários e instalação de antenas de telefonia, e a obtenção de vantagens e evolução patrimonial indevidas. A proposta tem como objetivo apurar as denúncias que levaram à cassação do ex-prefeito Hélio de Oliveira Santos (PDT). Autor do pedido de Comissão Processante (CP) que culminou com  o impeachment do pedetista, o vereador e pré-candidato em potencial do PSDB às eleições no ano que vem, Artur Orsi, conseguiu 14 assinaturas, três a mais que as 11 necessárias para a abertura da CPI. A comissão terá 90 dias para realizar as investigações.

Tudo o que sabemos sobre:

CampinasCPIprefeitura

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.