Briga para levar Dilma à Presidência vira game virtual
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Briga para levar Dilma à Presidência vira game virtual

TANIA MARIA BARBOSA MARTIN

20 de outubro de 2010 | 17h23

José Orenstein

A dez dias das eleições que decidem o próximo presidente, a campanha começa a se acirrar, com acusações de parte a parte. Mas, para além da troca de farpas real entre Dilma e Serra e seus militantes, a briga entre tucanos e petistas ganhou agora o mundo virtual dos games.

“Dilma Adventure” é o nome do joguinho que vem sendo divulgado em sites e redes de apoio à candidata do PT. Com cenários e desafios à “Mario Bros.”, o objetivo é levar Dilma à Presidência. Mas, para isso, ela deve pular precipípios e recolher votos e estrelinhas vermelhas do PT – que depois se tornam armas para matar os zumbis que lembram a figura de Serra. Estrelinhas amarelas, mais raras, são o bônus: elas podem ser usadas em um ataque surpresa – vem um rolo compressor estampado com a figura de Lula e elimina os inimigos. De quando em vez, um tucano sobrevoa Dilma. E a ataca, fazendo-a perder as estrelinhas.

O  jogo foi desenvolvido por Alex Leal, Felipe Vieira, Otavio Soato, Raphael Nunes e Roberto Guedes, e, após divulgação na rede, recebeu patrocínio do PT – que estampa seu logo no canto da página. Ao clicar, o internauta é reenviado para uma versão alternativa: “Agnelo Adventure”, que substitui Dilma por AGnelo Queiroz, candidato do PT ao governo do Distrito Federal.

Tudo o que sabemos sobre:

Agnelo QueiDilma RousseffPTvideogame

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.