As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

BR – ‘Serra sai menor desta eleição’, diz Lula após votar em São Bernardo do Campo

Bruno Siffredi

31 de outubro de 2010 | 10h22

Lula480_HeLVIOROMEROAE.jpg

Rodrigo Alvares

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse neste domingo, 31, após votar em São Bernardo do Campo, na grande São Paulo, que o candidato tucano à Presidência, José Serra, “sai menor desta eleição” e descartou participar de um eventual governo Dilma. “O Serra sai menor dessa eleição. A virulência do Serra em relação à companheira Dilma foi uma coisa inimaginável”, disse Lula, que votou pela manhã em uma escola de São Bernardo do Campo. Diferente da votação em 3 de outubro, Lula estava de bom humor e esbanjou otimismo quanto à eleição de sua ex-ministra.

Ele só aparentou irritação quando questionado sobre os ataques feitos de parte a parte pelos dois candidatos durante a campanha: “Não fale de parte a parte”, disse ao interromper o repórter. “Essa campanha foi muito mais violenta de uma parte para outra. Eu, sinceramente, acho que o candidato Serra sai menor dessa campanha. Porque a agressividade deles à companheira Dilma Rousseff é uma coisa que eu imaginava que já tivesse terminado na política brasileira”.

Questionado sobre sua participação em um eventual governo encabeçado pela presidenciável petista Dilma Rousseff, Lula foi taxativo: “Não existe nenhuma possibilidade de um ex-presidente participar do governo do futuro presidente. Ou seja, todo mundo sabe o que eu penso. A Dilma eleita, ela precisa construir um governo que seja a cara dela, o jeito dela, tem de ter pessoas em quem ela confie. Pessoas que ela possa colocar e que ela possa tirar. Como ex-presidente, eu só posso torcer para que a Dilma faça mais do que fiz”.

Lula também descartou voltar a se candidatar à Presidência em 2014. “Não cogito concorrer de novo, a Dilma vai tomar posse dia 1º de janeiro e eu não vou estar lá”, declarou. “Eu tenho certeza que ela vai fazer um  grande governo neste País. Nós temos praticamente todas as coisas de infra-estrutura mais ou menos delineadas no PAC 2, com a Olimpíada, a Copa do Mundo. Então, ela vai ter que pensar em coisas novas que vai querer fazer e dar sequência nas coisas de infra-estrutura neste País”.

lulavoto.jpg

“Quando eu entrei no governo, eu sabia que ia sair. O importante é isso, que você tem dia para entrar e tem dia para sair. Eu tô saindo confortável”, disse Lula. Foto: Hélvio Romero/AE

O presidente disse que vai viajar pelo Brasil após deixar o Palácio do Planalto e afirmou ter “muita coisa pra fazer pelo Brasil”. “Eu tenho interesse de fazer com que as experiências bem-sucedidas no Brasil – especialmente na área social – seja socializada com países africanos, seja com países latino-americanos, nós ainda temos de construir uma solidez forte na América Latina. A integração ainda não é total”.

Caso Tiririca

Lula comentou de Tiririca – deputado federal eleito no Estado de S.Paulo com 1,3 milhoes de votos e que deve fazer um teste para provar que não é analfabeto: “Acho uma cretinice o que estão tentando fazer com ele. É desrespeitando 1,5 milhão de pessoas que votaram nele. Então, que não deixassem ele ser candidato”. Questionado se Tiririca deveria fazer a prova, o presidente declarou que: “Quem tá pedindo para ele fazer prova é que devia fazer”.

Tudo o que sabemos sobre:

eleições 2010LulaSerraTiririca

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.