As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

BR – Aliados reunem-se para pronunciamento de Dilma

Ricardo Chapola

31 de outubro de 2010 | 19h08

Carol Pires, de Brasília

Dezenas de aliados da candidata Dilma Rousseff (PT) estão reunidos no hotel Naoum Plaza, em Brasília, onde ela deve fazer um pronunciamento após o resultado da eleição ser divulgado pela Justiça Eleitoral. Todos os governadores eleitos da base foram convidados para o encontro, dentre os quais já chegaram ao local Tarso Genro (PT-RS), Marcelo Déda (PT-SE), e Renato Casagrande (PSB-ES).

O ex-ministro da Justiça Tarso Genro, que esteve com Dilma Rousseff esta manhã, em Porto Alegre, disse que a petista está “otimista” com a vitória da eleição. “Nunca vi a Dilma tão tranquila, tão serena, extremamente confiante”, disse. Na avaliação de Genro, Dilma Rousseff conseguiu transmitir, ao longo da campanha, a mensagem de que ela representa a “continuidade” do governo do presidente Lula.

O ministro de Relações Institucionais, Alexandre Padilha, garantiu que a oposição terá espaço para diálogo num eventual governo de Dilma Rousseff. Padilha disse que, a partir de amanhã, com a eleição encerrada, o “calor” da campanha irá “abaixar” e governo e oposição poderão ter um melhor diálogo. O governador eleito do Espírito Santo, Renato Casagrande, também comentou sobre a relação entre governo e oposição num possível governo da petista. “Nenhuma oposição começa o governo radicalizando”, disse, ao ressaltar a importância da palavra “unidade” no próximo governo.

Também estão presentes o senador eleito Eunício Oliveira (PMDB), os deputados Jovair Arantes (PTB), Henrique Fontana (PT), Manuela D’Ávila (PCdoB), além dos ministros José Gomes Temporão, da Saúde, e Paulo Bernardo, do Planejamento.

Tudo o que sabemos sobre:

AliadosDilma Rousseffpronunciamento

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: