As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

BR – 15,4 mil eleitores que vivem no exterior já votaram, indica TSE

Bruno Siffredi

31 de outubro de 2010 | 09h54

Eduardo Rodrigues, de Brasília

Quando as primeiras sessões eleitorais em território brasileiro foram abertas neste domingo, 31, 15,4 mil eleitores que vivem em outros países já deviam ter votado, de acordo com Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O número considera apenas as sessões fora do País que encerraram os trabalhos antes da 8 horas, no horário de Brasília.

A votação no segundo turno para os cargos de presidente e vice-presidente da República começou em Wellington, na Nova Zelândia, ainda às 17h (de Brasília) de sábado, 30, com enceramento na madrugada deste domingo, às 2h. Antes do amanhecer no Brasil, os eleitores na Austrália também já haviam votado.

Entre 6h e 8h (de Brasília), também foram encerrados os trabalhos nas sessões eleitorais montadas na Coreia do Sul, Japão, Timor Leste, Cingapura, China, Filipinas. Hong Kong, Malásia, Taiwan, Tailândia e Indonésia.

Segundo o TSE, a Justiça Eleitoral cadastrou cerca de 200 mil eleitores fora do País, divididos em 154 municípios. Os Estados Unidos é o maior colégio eleitoral do Brasil no exterior, com mais de 66 mil eleitores cadastrados, em dez cidades. Os EUA (Los Angeles e São Francisco) junto com o Canadá (Vancouver), são os últimos países a encerrar as votações no segundo turno, às 22h (de Brasília).

Tudo o que sabemos sobre:

eleições 2010exteriorTSE

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.