As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Barrado pela Ficha Limpa, senador do Amapá toma posse nesta terça-feira

Bruno Siffredi

29 de novembro de 2011 | 16h07

estadão.com.br

Barrado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) em 2010 com base na Lei da Ficha Limpa, João Capiberibe (PSB-AP) vai tomar posse nesta terça-feira, 29, no Senado, decidiu pela manhã a mesa diretora da Casa. A decisão foi anunciada pelo primeiro secretário do Senado, o senador Cícero Lucena (PSDB-PB).

Capiberibe teve a segunda melhor votação entre os candidato ao Senado no Amapá no ano passado, mas foi considerado inelegível pelo TSE por ter sido condenado por compra de votos na eleição de 2002. Em março, o ex-governador do Amapá foi beneficiado pela decisão do Supremo Tribunal Federal, que determinou que a Lei da Ficha Limpa não valeu nas eleições de 2010.

Com a posse do senador, o PSB ganha uma vaga e sua bancada passa a ter quatro representantes no Senado. Perde a vaga Gilvam Borges (PMDB-AP), que requereu licença médica desde o dia 31 de março e vem sendo substituído por seu primeiro suplente e irmão, Geovani Borges (PMDB).

O ex-governador amapaense é o segundo senador eleito barrado pela Lei da Ficha Limpa que assumiu o cargo neste ano. Antes dele, tomou posse o tucano Cássio Cunha Lima (PB).

Tudo o que sabemos sobre:

Amapáficha-limpaJoão CapiberibeSenado

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.