As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Bancada do PT anuncia até dia 29 o substituto de André Vargas na vice-presidência da Câmara

Lilian Venturini

15 de abril de 2014 | 20h05

Os nomes mais cotados para a vaga, reservada ao partido, são os do deputado José Guimarães (PT-CE) e o de Paulo Teixeira (PT-SP)

 

Erich Decat


Brasília – O líder do PT na Câmara, deputado Vicentinho (SP), afirmou na noite desta terça-feira, 15, que a bancada vai indicar até o próximo dia 29 de abril um nome para ocupar a vice-presidência da Casa, em substituição ao deputado André Vargas (PT-PR), que renunciou ao posto. “A nossa bancada já começou o diálogo a respeito de quem irá substituí-lo”, afirmou o líder, após reunião com a bancada petista da Câmara.

Segundo Vicentinho, no encontro não foi discutido um prazo para que Vargas renuncie ao mandato de parlamentar. “Não entramos na questão da renúncia porque é uma questão de foro íntimo. Ele recebeu vários conselhos sobre a importância de renunciar”, disse o líder. Entre os nomes mais cotados para a vice-presidência estão os do deputado José Guimarães (PT-CE) e o de Paulo Teixeira (PT-SP). A vaga é do PT.

Recuo. Na tarde desta terça, André Vargas adiou decisão sobre a renúncia ao mandato. Alegou que há um impasse sobre a interpretação jurídica a respeito dessa atitude. Vargas, entretanto, disse a pessoas próximas que deverá apresentar a carta de renúncia nesta quarta-feira, 16.

Segundo petistas ouvidos pelo Broadcast Político, deputados da bancada na Câmara e integrantes da cúpula do partido têm pressionado Vargas a deixar o cargo, após a revelação da proximidade dele com o doleiro Alberto Youssef, preso na operação Lava Jato da Polícia Federal.

Vargas recebeu o recado de que se permanecesse poderia ser condenado no Conselho de Ética do PT e até ser expulso do partido. Com a renúncia, ele espera que o processo interno seja extinto.