As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Azambuja e Amaral aparecem empatados no MS

Segundo Ibope, tucano e petista aparecem com 51% e 49% das intenções de voto, respectivamente

Redação

20 de outubro de 2014 | 19h38

Daniel Galvão

Os candidatos a governador de Mato Grosso do Sul Reinaldo Azambuja (PSDB) e Delcídio Amaral (PT) estão em empate técnico, de acordo pesquisa do Ibope divulgada nesta segunda-feira. Segundo o levantamento, Azambuja tem 51% e Delcídio, 49% dos votos válidos. A margem de erro é de 3 pontos porcentuais para mais ou para menos.

No cálculo dos votos válidos, são suprimidos os em brancos, nulos e os entrevistados que se dizem indecisos, mesma fórmula usada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) na divulgação da apuração. Na sondagem anterior do Ibope, as porcentagens eram as mesas para os dois candidatos. A sondagem foi contratada pela TV Morena.

Se forem considerados os votos em branco e nulos e os indecisos, Azambuja tem 46% e Delcídio, 45%. Em branco e nulos somam 4% e não sabem ou não responderam 5% dos eleitores entrevistados.

O instituto entrevistou ouviu 812 eleitores em 32 cidades entre sexta-feira (17) e domingo (19). O nível de confiança é de 95% – se for levada em conta a margem de erro, a probabilidade de o resultado retratar a realidade é de 95%. A pesquisa está registrada no Tribunal Eleitoral Regional sob o número MS-0072/2014 e no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR-01135/2014.

Rejeição. O Ibope questionou, independentemente da intenção de voto, em qual candidato o eleitor não votaria de jeito nenhum. Nesse cenário, Azambuja teve 37% de rejeição e Delcídio, 36%.

Expectativa de vitória. O instituto questionou ainda os entrevistados sobre quem eles consideram que será o próximo governador de Mato Grosso do Sul, independente da intenção de voto. Conforme 44%, o candidato do PT sairá vencedor; 42% afirmaram acreditar que o tucano vencerá; 14% não sabem ou não responderam.

Primeiro turno. No primeiro turno, Delcídio teve 42,92% dos votos válidos e Reinaldo Azambuja, 39,09%.

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.