As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Artigo de Luiz Roberto Barradas Barata: A vida seguiu e a saúde venceu

Bruno Siffredi

19 Julho 2010 | 10h55

Em seu último artigo inédito, o secretário da Saúde de São Paulo, Luiz Roberto Barradas Barata, que faleceu no sábado, 17, exaltou os resultados obtidos pela lei antifumo paulista um ano após a sua promulgação, que aconteceu em 7 de agosto de 2009.  No texto publicado nesta segunda-feira, 19, no jornal Folha de S.Paulo, Barradas afirma que um estudo do Instituto do Coração identificou uma redução entre 68% e 73,5% nos níveis de monóxido de carbono dos ambientes fechados e uma queda de 52,6% da contaminação no organismo de trabalhadores não fumantes. “São dados que apontam inequivocamente para o acerto da legislação paulista em favor dos não fumantes”, ressaltou o secretário. Segundo ele, a lei antifumo “deu certo porque tanto os proprietários dos estabelecimentos quanto os sindicos de condomínio e a esmagadora maioria da população compreenderam que se trata de uma medida de saúde pública de maior importância para combater o tabagismo passivo”.

Leia aqui a íntegra do artigo (material fechado para assinantes).

selinho_twitter2

Mais conteúdo sobre:

antifumoBarradasSerraSP