As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Após debate, Serra explica saída da Prefeitura e afirma que Dilma inventa ‘factoides’

Jennifer Gonzales

26 de outubro de 2010 | 02h32

Jair Stangler

O candidato do PSDB à Presidência, José Serra, lamentou, ao final do debate da TV Record nesta segunda-feira, 25, que tenha faltado tempo para responder a algumas questões colocadas por sua adversária, Dilma Rousseff (PT). “Sempre falta tempo para responder”, afirmou. “A Dilma citou por exemplo a questão da Prefeitura de SP. Eu fui eleito com a perspectiva de ficar quatro anos na Prefeitura. Mas houve uma espécie de clamor geral para que eu saísse para governador. Tanto é assim, que eu saí com a aprovação mais alta que já teve um prefeito naquela altura e ganhei a eleição no primeiro turno. E a cidade de SP inclusive viveu seu melhor momento com meu vice, que inclusive foi reeleito”, disse.

O tucano também mencionou as acusações que Dilma fez no debate sobre as denúncias envolvendo o ex-diretor da Dersa Paulo Vieira de Souza, também conhecido como Paulo Preto. Serra disse que foi ele quem teve de responder a acusações e disse também que Dilma foi punida “10 vezes pela Justiça Eleitoral por faltar com a verdade. “É um factoide que foi inventado. O problema é que o PT, a candidata e o governo estão enrolados em escândalos. Cada fim de semana, tem três ou quatro novos”, afirmou.

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.